Buscar

Escrevi este texto para o António, não sei se fiz bem...


Dra. Sara, hoje acordei diferente, não sei explicar, sem "fantasmas" que bom .

Escrevi este texto para o António, não sei se fiz bem ...



António,

Hoje acordei com uma grande paz interior não sei explicar, sei que advém da consulta de ontem com a Sara e contigo, claro.

Pensei, o que quero da minha vida com o António?


Serer "dono" de alguém? ou usufruir da sua companhia?

Ser "dono" de um trabalho? ou usufruirem dele?

Ser "dono" de um animal? ou usufruir da sua companhia?

Ser "dono" de umas férias? ou usufruir das mesmas?

Ser "dono" de um carro? ou usufruir do prazer de conduzir?

Ser "dono" da palavra? ou saber escutar ?

....


A grande diferença entre Posse e Usufruto, é que o primeiro nem sequer saboreia o que tem ao seu dispor, é só por ter, dizer que tem, mas é vazio ...

O segundo por sinal, usufrui em silêncio cada coisa e cada momento da vida, é belo.


Quero que a minha vida seja cheia de mãos e coração de boas memórias e não de mãos vazias vazias.

A escolha será sempre nossa e eu já fiz a minha.

Que bom já começa a ser um grande começo ....

Quero Usufruir e não ser dona de nada ....

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo